Capital Prodigy – Ofertas de Emprego duvidosas

Capital ProdigySe telefonaram-te da Capital Prodigy a marcar uma entrevista de emprego e aceitaste, é melhor pensares novamente. Várias pessoas estão a denunciar esta e outras empresas similares por serem uma fraude. O esquema consiste em angariar dinheiro para causas sociais desconhecidas e usam o nome de organizações e empresas reputadas.

Após receber a denúncia por parte de um candidato que foi à entrevista de emprego desta empresa e reparou que tudo era bom demais para ser verdade, decidi investigar melhor este caso. Esta suposta empresa de marketing ilude trabalhadores, com a possibilidade de ganhar muito, mas são várias as queixas de ex-trabalhadores que nunca receberam dinheiro.

Esquema de angariação de dinheiro para causas sociais desconhecidas

É impressionante como este tipo de esquemas existe, pelo menos, desde 2011 e continuam a burlar pessoas.

A crise em Portugal e a dificuldade em conseguir um emprego no país, leva a que muitos jovens desempregados, com pouca formação ou desesperados para ganhar algum dinheiro sejam alvos fáceis deste esquema.

A “sorte” e a principal razão porque este esquema ainda continua vivo, é porque uma grande maioria das vítimas nunca apresentou queixa na Polícia Judiciária ou no Tribunal do Trabalho. Enquanto issso não acontecer, os donos deste tipo de empresas vão continuar a ganhar muito dinheiro e a se dar bem na vida à custa de pessoas inocentes.

Esta foi a denúncia de fraude que recebi:

A Capital Prodigy é uma farsa facilmente detectável porém perigosa , desde que me contactaram até a minha ida aos seus escritórios(o escritório mais surreal de sempre) , tudo era demasiado bom para ser verdade , tudo muito facilitado e despachado com informação muito vaga , fiz uma pesquisa online e verifiquei que existem semelhanças em outras empresas-fraude , o mesmo esquema porém com nomes diferentes , penso que este tipo de esquema é uma vergonha para o mercado de trabalho e para todas as pessoas que tentam encontrar um trabalho e ao disponibilizarem o seu cv online podem ser vítimas.

O esquema passa pela angariação de fundos para empresas como a Unicef , e dizem-se afiliados de empresas como a Galp , a Gold Energy , Sonae etc. , basicamente eles aproveitam-se das pessoas para explora-las sem qualquer tipo de remuneração.

De acordo com o site ganhemvergonha.pt, o nome Capital Prodigy é apenas um de muitos, no que aparenta ser apenas uma empresa ou estratégia fraudulenta. Usam ou usaram os nomes Dragão Porto, Direct to J, Scenario Group DP, Leading Eventos Porto, Axes Market, Ambição International Marketing Lda e Trabucaqui.

Ainda de acordo com o mesmo site, o esquema funciona desta maneira:

  1. A empresa anuncia várias ofertas de emprego online com salários anuais atrativos, destinado a “Recursos humanos“, “Hospedeiras“, “Técnico Júnior“, “1º Emprego/Promotor“, entre outros anúncios.
  2. Os candidatos são logo contactados para uma entrevista de emprego no manhã seguinte. Indicam que devem levar roupa formal e sapatos confortáveis.
  3. Na manhã seguinte, encontram vários candidatos no lugar da entrevista.
  4. Depois de explicarem a filosofia da empresa, os candidatos vão para a rua com os funcionários, apresentados como “líderes”.
  5. No caminho, feito a pé ou de transportes públicos (pagos pelos candidatos), o “líderes” entrevistam pessoas e testam os seus conhecimentos de marketing.
  6. Em zonas residenciais, os “líderes” e candidatos vão de porta em porta e pedem donativos destinados a campanhas da Unicef, AMI, Médicos Sem Fronteiras, Cruz Vermelha, etc. Aparentemente não existe qualquer ligação a estas organizações.
  7. No final do dia, os candidatos são sujeitos a questionários.
  8. Informam que não foram escolhidas para o cargo a que se candidataram e propõem a oferta de emprego de “angariador”.
  9. Caso aceite a oferta de emprego precária, o “angariador” passa a receber exclusivamente comissões do dinheiro angariado nos peditórios, sem valor base ou subsídios.
  10. Normalmente apresentam como donos ou membros da empresa, estrangeiros (na sua maior parte espanhóis).

Infelizmente isto não acontece só no Porto. Existem outras empresas, que também seguem o mesmo “modus operandi” em várias cidades portuguesas.

Basta passear pelas ruas de Lisboa ou aproveitar o sol quente nas praias do Estoril ou Cascais em agosto, para encontrar jovens a angariar fundos para causas sociais desconhecidas, através deste tipo de esquemas.

Exemplo de oferta de emprego da Capital Prodigy
Exemplo de oferta de emprego da Capital Prodigy

PARTILHA ISTO!! Não deixes que mais pessoas sejam enganadas.

  • Isabel Silva

    sim tudo o que relatas-te é verdade aconteceu o mesmo comigo

    partilhem esquemas como este não podem continuar

    as autoridades tem que por mão nisto

    podes sempre apresentar queixa na policia

    • Gonçalo Silva

      Infelizmente ninguém ou quase ninguém apresenta queixa na Polícia. Por isso, estes burlões vão continuar a dar o golpe. Quando um nome já fica muito conhecido, inventam outro e mais outro.

  • Isabel Silva

    concordo é tudo uma falsidade

  • Paulo Campos

    Muita atenção eles agora estão na Rua Engenheiro Adelino Amaro da Costa n.º 15 Esq 4.3 Vila Nova de Gaia , contactam dos números 223249335 / 223211713 / 913370332 / 910372532, quando receberem uma chamada a dizer que são da EDP comercial e se chama Ana Costa, Patrícia Fernandes ou Liliana Fernandes desconfiem logo é um esquema para atrair desempregados para baterem portas como comerciais precários 100% comissão e muito baixas , dizem que tem parcerias com o IEFP, Centro de Emprego, e bases de dados, e ainda usam muita pressão para existirem vendas.

    Eles dizem que são do grupo multinacional Credico e consegui descobrir, fazem parte da mesma organização que as empresas Phx marketing em coimbra Braga e Porto; B Strategic em Lisboa ; Diogo de Oliveira Systematic Solutions em Lisboa; SmartFish Marketing em Leiria.

    Partilhem para que mais ninguém perca tempo com esta escumalha

  • Paulo Campos

    temos que tomar medidas denunciar este esquema em pirâmide as autoridades competentes, como as finanças, segurança social, asae, iefp, centro de emprego, inspeção do trabalho

  • Ritoplz

    Pode-se confirmar juntos das organizações, se realmente são colaboradores credenciados ou não. Talvez seja melhor pesquisar e ganhar alguma informação antes de comentar/dizer mal de uma empresa.