OneCoin é uma FRAUDE – Golpe das Moedas Virtuais

Fraude OneCoinA OneCoin é sem dúvidas mais um Esquema Ponzi disfarçado de Criptomoedas ou moedas virtuais. Falam sempre no sucesso da moeda virtual BitCoin e associam-no ao esquema, para que as vítimas acreditem que alguma vez vão ganhar dinheiro ao investir neste golpe. O Bitcoin existe e podes usar para comprar coisas, os Tokens OneCoin não existem e não consegues comprar NADA. Essa é a diferença! O dinheiro investido neste golpe Ponzi depois de entrar vira dinheiro de monopólio, ou seja, não vale nada!

Tem cuidado porque isto é mais outro esquema fique rico rápido, onde ninguém vai ficar rico. A aldrabice é tão grande que disfarçam o “investimento” ilegal em cursos inúteis e prometem moedas mineradas que não têm qualquer valor no mundo real.

Análise Fraude OneCoin

A OneCoin é mais do mesmo! Uma fraude, scam, golpe…

Em troca da compra de um ou mais pacotes de participação no esquema Ponzi, com um custo entre 100€ e 18.800€, prometem um retorno exagerado pago em créditos virtuais – em tokens OneCoins. Usam várias restrições para que quase ninguém consiga retirar o dinheiro.

Em Portugal e no Brasil vejo meia dúzia de aldrabões a promover este esquema. Antes recrutaram vítimas para a TelexFree, Geteasy, Winner8Group e outras fraudes disfarçadas de marketing multinível. Esses aldrabões vivem de burlar pessoas! Sabem que a OneCoin é uma fraude.

Quando parece bom demais para ser verdade, é porque é um golpe! Um negócio sério não teria que usar várias mentiras. Os gurus em BitCoins (e moedas virtuais) vão te dizer que a OneCoin é um SCAM…

A OneCoin não vai ser o próximo BitCoin. Só falam em BitCoin porque é uma moeda virtual muito popular… e existe. Se falassem nos OneCoins, o que eles iriam dizer? Que não existe? Que não dá para minerar? Se dissessem isso nunca conseguiriam aliciar vítimas.

Daqui a 1 ano isto já não existe!

Dono(s)

De acordo com a informação disponível online, Dr. Ruja Ignatova é a dona e fundadora do esquema Ponzi OneCoin. Também conta com a ajuda de vários cúmplices, como é o caso de Sebastian Greenwood e Juha Parhiala, dois piramideiros conhecidos.

Cúmplices de Ruja Ignatova no golpe OneCoin (fonte: tenhodividas.com)
Cúmplices de Ruja Ignatova no golpe OneCoin (fonte: tenhodividas.com)

 

Nigel Allan, um scammer muito conhecido, foi em tempos cúmplice de Ruja, mas agora está a burlar pessoas com a fraude Crypto888 Club. É um vigarista que vive na Tailândia, um país muito fácil de aliciar vítimas com esquemas fique rico rápido. A sua profissão é dar golpes nas outras pessoas. Se procurares por “scam Brilliant Carbon” ou “scam Bigcoin” vais ver como é conhecido.

Nigel Allan, um scammer que já recrutar vítimas para a OneCoin. Agora está noutro golpe de moedas virtuais.
Nigel Allan, um scammer que já recrutar vítimas para a OneCoin. Agora está noutro golpe de moedas virtuais.

A Ruja sabe que é uma fraude, por isso, fala de uma forma muito genérica e não conta as verdades em eventos públicos. Se as pessoas ouvissem a história da banha de cobra, o mais certo é que alguns dias depois iam começar os problemas com a Polícia.

Fala sempre em criptomoedas e não no OneCoin. Só refere o nome do golpe, na tentativa de dar credibilidade e aliciar novas vítimas.

No vídeo acima dá para teres uma ideia sobre como fizeram uma boa “lavagem cerebral” aos membros lá na Malásia. É um país com pessoas muito fáceis de enganar!! Repara só como os burlões são tratados como uns visionários.

Domínio

O domínio onecoin.eu foi registado a 23 de junho de 2014, no nome de Tsevetelina Lekova, com o nome da empresa Onecoin Ltd. A One Coin Ltd é uma empresa fantasma registada num paraíso fiscal por razões mais do que óbvias.

Whois do domínio OneCoin.eu
Whois do domínio OneCoin.eu

A Tsevetelina Lekova é uma das cúmplices de Ruja Ignatova no esquema. Nestes esquemas é muito comum haverem vários cúmplices, cada um com uma tarefa específica.

Tsvetelina Lekova, uma cúmplice de Ruja Ignatova na fraude OneCoin.
Tsvetelina Lekova, uma cúmplice de Ruja Ignatova na fraude OneCoin.

Plano de Compensação

Para participar neste esquema Ponzi estão disponíveis os seguintes pacotes:

  • Plano STARTER – 100€
  • Plano TRADER – 500€
  • Plano PRO TRADER – 1.000€
  • Plano EXECUTIVE TRADER – 3.000€
  • Plano TYCOON TRADER – 5.000€
  • Plano PREMIUM TRADER – 12.500€
  • Plano FESTIVAL PACKAGE – 18.800€

A diferença entre cada um dos pacotes está no “jogar para ganhar”, ou seja, quanto mais investidores mais dinheiro prometem, mas vai dar na mesma, pois no fim só meia dúzia vai conseguir retirar dinheiro. Esses meia dúzia são os cúmplices e alguns membros!

Associam com os pacotes tutoriais ou material educativo inútil. Serve só para disfarçar o verdadeiro golpe PONZI.

Qual é o futuro do golpe OneCoin?

O gráfico do Alexa mostra de uma forma muito fácil de compreender como está a “vida” do golpe OneCoin.

Como podes ver pelo gráfico, no início o esquema aguentou-se bem e entrou muitas vítimas, mas agora que já entrou quem queria entrar e a OneCoin não paga a entrada de novas vítimas caiu.

Gráfico alexa para site onecoin.eu
Gráfico alexa para site onecoin.eu

Nos últimos dias de dezembro de 2014 começaram a crescer rápido, talvez porque muitos participantes pensaram que isto era uma prenda de Natal. Agora… vendem saldo virtual a preços de saldos!

É comum este tipo de golpes aliciar vítimas em países pobres ou onde a comunicação é uma barreira, para que no fim o esquema rebente e ninguém consiga recuperar o dinheiro. São pessoas muito fáceis de enganar em esquemas fique rico rápido!

De onde são a maior parte dos membros burlados?

O fim do golpe está muito perto, está chegando ao prazo de vida!

Estratégias para Aliciar Vítimas

Durante a minha análise à fraude disfarçada de marketing multinível, encontrei vários afiliados a mencionar que Ruja apareceu na capa da FORBES Bulgária e em alguns eventos. Além da Fundação de Ajuda Humanitária de fachada.

Isso faz parte da estratégia para aliciar novas vítimas!

A capa na FORBES Bulgária afinal era publicidade. Gastaram vários euros para Ruja Ignatova aparecer na capa.

Burlões OneCoin gastaram dinheiro das vítimas para aparecer na FORBES da Bulgária, com uma capa de publicidade e uma entrevista manipulada.
Burlões OneCoin gastaram dinheiro das vítimas para aparecer na FORBES da Bulgária, com uma capa de publicidade e uma entrevista manipulada.

Serviu para adicionar credibilidade e fazer com que as pessoas invistam fortunas pensando ser um negócio seguro. As mesmas tretas de sempre!

Os vários eventos super grandiosos realizados também fazem parte da estratégia de aliciamento de novas vítimas. O que interessa é gastar o dinheiro das outras pessoas, para recrutar mais pessoas!

Eventos cheios de luxos pagos com dinheiro das vítimas, são usados para recrutar novas vítimas.
Eventos cheios de luxos pagos com dinheiro das vítimas, são usados para recrutar novas vítimas.

Se acompanhas de perto o esquema, de certeza que ouviste falar no evento do The Economist, na Bulgária, que a OneCoin anunciou com pompa e circunstância que Rua Ignatova tinha sido convidada. Lembras-te? Ela não foi convidada. Pagaram alguns milhares de dólares para patrocinar o evento e, assim, conseguir incluir o nome desta burlona no nome dos convidados.

Repara só no patrocínio! Não é muito difícil de saber de onde veio o dinheiro para patrocinar…

OneCoin gastou milhares de dólares para ser o patrocinador principal e conseguir colocar Ruja Ignatova a falar no evento. Em nenhum momento informam que patrocinaram o evento.
OneCoin gastou milhares de dólares para ser o patrocinador principal e conseguir colocar Ruja Ignatova a falar no evento. Em nenhum momento informam que patrocinaram o evento.

Esqueceram-se de dizer que pagaram para colocar esta personagem lá! Devem pensar que todas as pessoas são assim tão burras…

OneCoin não informa que pagou milhares de dólares para patrocinar evento e conseguir um lugar.
OneCoin não informa que pagou milhares de dólares para patrocinar evento e conseguir um lugar.

Quando é um golpe, precisam de várias artimanhas!

Recentemente usaram uma estratégia muito comum de muitas fraudes multinível disfarçadas de marketing multinível: o cartão pré-pago.

Como existem muitas pessoas que não conseguem retirar o dinheiro – e nunca vão poder levantarenviaram cartões pré-pagos a alguns cúmplices para ter fotos e vídeos de levantamentos. Isso não comprova NADA!

OneCoin usa estratégia de mostrar um cartão pré-pago para aliciar novas vítimas. Ninguém consegue retirar o dinheiro. Só os cúmplices!
OneCoin usa estratégia de mostrar um cartão pré-pago para aliciar novas vítimas. Ninguém consegue retirar o dinheiro. Só os cúmplices!
OneCoin usa estratégia de mostrar um cartão pré-pago para aliciar novas vítimas. Ninguém consegue retirar o dinheiro. Só os cúmplices!
OneCoin usa estratégia de mostrar um cartão pré-pago para aliciar novas vítimas. Ninguém consegue retirar o dinheiro. Só os cúmplices!

 

Estas fotos não comprovam que é um negócio sério e legal. NADA! Só mostram que é uma fraude e, apresentam o cartão para dar credibilidade.

  • Adao Lino

    OLHA AI PESSOAL ESTOU NESTE NEGÓCIO QUE SE DIZ QUE É FRAUDE, ASSIM COMO FALARAM QUE A BITCOIN ERA TAMBÉM, E JÁ ESTÁ SENDO UTILIZADA NO MUNDO TUDO, A QUASE 8 ANOS,PAGUEM PRA VER, VENHA COM A GENTE, E VEREMOS OQUE VAI FALAR DAQUI 5 OU 10 ANOS, por enquanto vou falar assim, que o urubu está com raiva do boi, e eu sei que ele tem razão, é que o boi não quer morrer, e o urubu todo dia chora, todo dia chora!!!!