Wings Network é uma FRAUDE – Golpe do Cloud e Apps

Wings NetworkA Wings Network é mais uma daquelas fraudes que promete um retorno anormalmente elevado, só por entrar e recrutar 2 pessoas. Ao analisar melhor, no site da Wings Network (wingsnetwork.com) não existe informação sobre quem são os donos da empresa, fotos da sede e outros dados importantes.

O domínio foi registado a 9 de novembro de 2011, contudo os dados do domínio são privados. Pelos vários alertas que recebemos, este esquema iniciou as suas operações em dezembro de 2013, mas só desde fevereiro de 2014 é que começaram a aparecer vários participantes a promover esta fraude piramidal. Coincidência ou não, foi quando a TelexFree anunciou que iria mudar o plano de compensação a 9 de março de 2014.

Análise à Wings Network

Segundo várias informações que encontramos, a Wings Network está associada à empresa Tropikgadget Unipessoal Lda, empresa que estava registada na Zona Franca da Madeira (ilha da Madeira) e tinha sede no Funchal (ilha da Madeira), mas a licença da Wings foi cancelada pela SDM (Sociedade de Desenvolvimento da Madeira) porque estava a exercer atividades não compreendidas na licença. Entretanto, a empresa mudou a sua sede administrativa para Lisboa, a 29 de maio de 2014.

Além da Tropikgadget Unipessoal Lda, usada por razões administrativas, existe a empresa Tropikgadget FZE, que é a empresa com o qual todos os participantes Wings aceitam o contrato. Essa empresa está registada numa zona offshore – em Hamriyah (Emirados Árabes Unidos) – onde tem uma caixa postal e não tem nenhum número de telefone. Está registada como “Consultoria de Negócios”.

Sergio Tanaka, um dos donos da Wings Network
Sergio Tanaka, um dos donos da Wings Network

Com problemas nos EUA, por promover um Esquema em Pirâmide, a Wings suspendeu (com medo) as suas atividades nos EUA no dia 14 de maio de 2014 e, menos de 24 horas depois, já no dia 15 de maio de 2014, a Wings Network foi acusada de criar e promover um Esquema em Pirâmide.

Segundo o documento de acusação de esquema da Wings Network, descobrimos que Josefar de Souza Silva e Sergio Tanaka são os donos da empresa e, Narendrakumar Mansukhlal Modha é o dono da Tropikgadget FZE.

Como está bem claro, a esta altura a empresa está bloqueada nos EUA e no geral, a empresa está parada. Não dá para retirar o dinheiro da conta Wings, não respondem aos emails e quase todas as pessoas já sabem dos problemas que se estão a passar. Os aldrabões que outrora promoviam esta fraude, neste momento nunca mais atualizaram as suas páginas do Facebook ou já estão em outros esquemas fraudulentos.

Caso estejas a pensar em entrar neste esquema, aqui ficam algumas razões para não desperdiçares o teu dinheiro em promessas:

  1. 100% Esquema em Pirâmide – O dinheiro pago pelos novos “investidores” serve para pagar aos antigos “investidores”… até que o dinheiro acaba e começam a diminuir a compensação prometida. Só existem produtos virtuais disponíveis, que empresas sérias vendem grátis ou muito mais barato.
  2. Quase ninguém usa os produtos e apps Wings – Os produtos Wings, como o Recruiter ou Personal Page ninguém utiliza e não tem valor. Já os aplicativos Wings Communicator e Wings Cloud também só existem para tentar justificar o alto preço pago para participar neste esquema. O Wings Communicator é um fracasso, assim como o Wings Cloud, que quase ninguém usa. Existem alternativas melhores e grátis!
  3. Golpe do Cloud e Apps – O espaço na Cloud e as Apps são os produtos que ninguém usa ou quer saber. Servem de disfarce ao esquema!
  4. Existem alternativas grátis e melhores – Quem vai usar o Wings Communicator, quando existe o Whatsapp, Viber, Line ou até o Facebook? Ninguém! Também, quem vai usar o Wings Cloud, quando existe a Dropbox, SugarSync, Copy e muitos outros serviços grátis e melhores? Ninguém!
  5. Wings Store ainda em desenvolvimento – Depois de vários meses, a prometer que os participantes neste esquema iam ganhar uma comissão pela venda de apps disponíveis na Wings Store, é apenas mais uma promessa.
  6. Wings Card não existe – Desde fevereiro de 2014 que vários aldrabões Wings partilharam no Facebook e em Blogs mentiras sobre o cartão de débito Wings Network. Apesar das várias fotos de um suposto cartão, até agora não existe Cartão Visa Wings.
  7. Única maneira de retirar o dinheiro é aliciando novos participantes – Para retirar o dinheiro do backoffice é necessário aliciar novos participantes, para vender os créditos disponíveis. Por essa razão, vários aldrabões andaram a vender várias mentiras e a dizer que os participantes poderiam ganhar 750 dólares, depois de recrutar 2 pessoas e não tinham que fazer mais nada.
  8. Apagam comentários na Página Oficial do Facebook – Como não respondem aos emails e não existe forma de contactar esta fraude por telefone, muitos participantes enganados estão a demonstrar a sua desilusão no Facebook. Na página oficial da Wings Network no Facebook, em facebook.com/WingsNetworkco, além de não publicarem a verdade sobre o que se está a passar, também apagam os comentários dos utilizadores que dizem a verdade.

 Para terminar, deixamos abaixo um vídeo de uma participante na Wings Network, que é atualmente uma líder nessa fraude e, tem ajudado a recrutar (e a enganar) novos participantes, com promessas de dinheiro fácil: