Portalb2b.de, webcommerce24.de, goodprice24.de, etc – A Burla dos 120€

Burla 120€ da goodprice24.deQuem não gostaria de ter um iPhone X de 256 GB, que custa 1.359€ nas lojas em Portugal, por apenas 55,74€? Todas as pessoas queriam, mas não existe. Pelo menos no planeta Terra. Essa é a promessa usada pelo site goodprice24.de e pelos seus clones (webcommerce24.de, portalb2b.de, basari24.de, stockprice24.de, outlet-wholesale.de e vip-discount.de) para atrair novas vítimas e conseguir a tua morada, para dias depois enviar uma carta surpresa com 120€ para pagar.

Várias provas mostram que os burlões do site comerciogrosso.com podem estar de volta. Em 2016 o esquema era igual, mas cobravam 96€ e tinham uma empresa fantasma em Portugal [MultiDreams Unipessoal, Lda]. O esquema tornou-se popular e começou a ser investigado pela ASAE e pelo Ministério Público,  por isso está explicado porque uma empresa Alemã desconhecida se auto identifica como o site número 1 em Portugal.

A Burla dos 120€ foi revelada

A burla dos 120€ existe pelo menos desde março de 2017 e consiste em prometer ao visitante que têm vários anúncios de fornecedores [que não existem] de iPhones ou outros gadgets com um desconto gigantesco – que nem consegues encontrar nos Chineses ou na Feira da Ladra – para levar o visitante a fornecer os seus dados pessoais e a morada inconscientemente, para mostrar esses anúncios [que não existem]. Dias depois, recebes uma carta com 120€ para pagar.

NÃO PAGUES!!

Não existem dúvidas que os donos do goodprice24.de [e os seus clones], são as mesmas pessoas que estavam por detrás do comercioporgrosso.com. As mentiras de até 80% desconto são as mesmas, a empresa fantasma agora é na Alemanha para ser mais difícil de chegar aos responsáveis e o valor passou de 96€ para 120€. Tenta encontrar as diferenças!?! O texto é o mesmo.

Tenta encontrar as diferenças entre o site comercioporgrosso.com e goodprice24.de
Tenta encontrar as diferenças entre o site comercioporgrosso.com e goodprice24.de

Mais ou menos por volta de abril de 2017, eu comecei a receber queixas das primeiras vítimas desta burla. Neste momento usam vários domínios e páginas do facebook, para conseguir fazer o maior número de vítimas porque a burla já se tornou conhecida.

No início da burla, usavam o domínio portalb2b.de, mas com o passar do tempo e como cresceu o número de vítimas e reclamações online, foram criando vários domínios.

Estes são os domínios que eu tenho conhecimento, que fazem parte do esquema da burla dos 120€:

  • goodprice24.de
  • webcommerce24.de
  • portalb2b.de
  • basari24.de
  • stockprice24.de
  • outlet-wholesale.de
  • vip-discount.de

Se estão a usar outro domínio que não está nesta lista, podes fazer a denúncia para que possa atualizar a lista. A tua denúncia é fundamental, para que não consigam enganar mais pessoas.

A burla está de volta e a culpa é das pessoas que pagaram. Como os burlões viram que houve pessoas a pagar, não lhes aconteceu nada e foi o dinheiro mais fácil que receberam, lá estão eles de volta para Season 2. Não fiques com medo de negócios fraudulentos. Podiam até ameaçar que vão chamar o Papa ou o Donald Trump. Não pagues!

Como funciona a burla dos 120€?

O modo de funcionamento da burla dos 120€ é muito simples e é possível criar um esquema igual, em menos de um dia. Fico espantado como ainda continuam a enganar pessoas e por isso, tomei a iniciativa de explicar tudo, mas antes de explicar como funciona, existem várias coisas que tens de saber:

  1. goodprice24.de, webcommerce24.de, portalb2b.de, basari24.de, stockprice24.de, outlet-wholesale.de e vip-discount.de não são lojas online e nunca vais comprar um iPhone ou outro produto com desconto.
  2. São sites criados para capturar os dados pessoais e morada das vítimas, para enviar uma fatura com 120€. Não deves pagar!
  3. As fotos dos produtos mostrados nos sites da burla, são copiadas da Internet e nunca existiram as tais vendas.
  4. Todos os domínios mostram o mesmo site, a única diferença é o logotipo.
  5. Não é o site nº1 em Portugal, faz parte da “ilusão”.
  6. Falam em descontos até 80%, mas no site mostram anúncios [falsos] com 93%, 94% e 95% de desconto.
  7. No site não existem fornecedores ou anúncios.

O modus operandi da burla dos 120€ é simples demais e se as autoridades Portuguesas não tomarem as medidas necessárias, poderão aparecer mais burlas semelhantes a curto prazo.

1. Primeiro, necessitam de vítimas que entreguem os seus dados pessoais. Para isso, criaram a página no facebook Contactos e Fornecedores (facebook.com/contactosfornecedores/), fizeram uma publicação a prometer produtos até 80% mais barato com o título Iphone X 256gb – 55,83 Eur – Nós mostramos-te onde!” e gastaram alguns euros em publicidade no Facebook [Facebook ads].

Anúncio no facebook usado para atrair novas vítimas

2. Ao clicar na publicação anterior, os visitantes são redirecionados para uma página onde diz o cliente [sem nome] comprou o Apple iPhone X 256 GB por 55,83 Eurquem sabe o preço real do iPhone X sabe que é impossível, pois o mesmo nas lojas custa 1.359€. Só por aqui já dá para perceber que é mentira, com o objetivo de receber 120€. Só depois de pagar é que os utilizadores vão ver que foram enganados.

Site fraude goodprice24.de

Mas se ainda tiveres as tuas dúvidas, podes usar o Google para descobrir que a imagem foi copiada da Internet [e o anúncio é falso].

Outros sites com a mesma imagem do iPhone X
Outros sites com a mesma imagem do iPhone X

3. Ao clicar em Ver Produto, a página redireciona para a página de registo, para que os visitante envie os seus dados. Praticamente todas as ligações no site redirecionam para esta página, porque o objetivo é forçar o visitante a enviar os seus dados, para receber uma fatura com 120€.

Página de registo da burla goodprice24.de

4. Dias depois, o visitante recebe uma carta de 120€ para pagar. Não deves pagar. Além de ser uma burla porque estão a prometer algo que não existe, nunca vais conseguir um telemóvel barato no site. Como nunca usaste o serviço, não pagar, significa que estás a cancelar o serviço.

Esta burla online existe pelo menos desde 2016. Nessa altura usavam o domínio comercioporgrosso.com, mas como se tornou popular e a ASAE e o Ministério Público começaram a investigar, desta vez decidiram criar o esquema noutro país e burlar pessoas em Portugal.

Como Reclamar?

Se foste um dos que caiu na armadilha montada pelo site goodprice24.de, webcommerce24.de, portalb2b.de, basari24.de, stockprice24.de, outlet-wholesale.de, vip-discount.de ou outro clone do mesmo esquema, não deves pagar.

Não pagues!

Uma pequena parte das vítimas paga com medo, mas a verdade é que se não usufruíste do serviço, não precisas de pagar. Não só não prestaram o serviço, como montaram um esquema fraudulento para levar o utilizador a se registar.

Para completar, deves fazer o seguinte:

  • enviar email para o site a pedir o cancelamento e que se não for cancelado, ameaçar com Queixa Judicial. Se foi o goodprice24.de, envias para [email protected].  Basta trocar o endereço no email, dependendo do site onde foste burlado.
  • fazer queixa no site portaldaqueixa.com
  • entrar em contacto com o Centro Europeu do Consumidor

Ao procurar por mais informações sobre quem está por detrás deste esquema fraudulento, que não tem outro objetivo senão captar novas vítimas e receber os 120€, cheguei até aos dados da suposta empresa fantasma:

Premium Association UG (haftungsbeschränkt)
Gerente e Responsável da Página no sentido de § 55 II RSTV:
Daniel Dittus
Schönbühlstr. 78
70188 Stuttgart

Número do Registo Comercial AG Stuttgart:
HRB 756869

Contacto:
Telefone: Brevemente disponível
E-Mail: contact[at]goodprice24[dot]de

Número de Identificação fiscal no sentido de § 27 da Lei fiscal:
DE 306 774 893

Autoridade:
Cidade de Estugarda

Pesquisando pela morada no Google, o Google Maps mostra que é uma morada residencial. Se faltavam argumentos para provar que é credível, aqui ficou mais uma prova para não confiares no site.

Premium Association UG da burla dos 120€ é uma morada residencial

Da próxima vez, tem mais cuidado e evita este tipo de sites que promete coisas que nunca poderiam acontecer. Se um iPhone X custa mais de 300€ a produzir, nunca iriam vender por apenas 58€.